Páginas

terça-feira, 13 de julho de 2010

Dia Internacional do...

Rock!, você pensou. Engano. Pra mim hoje é o Dia Internacional do Mu, meu amigo xuxu. Porque hoje ele faz aniversário, qualquer menção ao rock parece pequena pra mim. Porque ele é muito mais MPB e Chico, mas foi ele quem me apresentou e fez com que eu me apaixonasse pelos Los Hermanos.

E porque o Mu é um dos amigos que entraram mais tarde na minha vida, mas acho que nós nos reconhecemos como amigos de infância. A Eulália, na época nossa chefe na TV, dizia que foi amor à primeira vista. E foi mesmo identificação imediata. O Mu me lembrava (e ainda lembra) uma pessoinha que dança de tamanco turco no meu coração. Cara de um, focinho do outro. Daí comecou nossa amizade. E todo dia a gente descia pra fumar um cigarro na masmorra, no subsolo da TV. E as conversinhas bestas regadas a nicotina e cafeína acabaram virando conversas de coração aberto.

E um dia me vi perdida, tendo que resolver mil coisas pra correr pra São Paulo com Antonio doente. E Mu se colocou à minha disposição pra resolver tudo o que eu precisasse. E resolveu. Do documento do trabalho, à conta que tinha que ser paga. E quando já tava com tudo arrumado pra embarcar, me toquei que não tinha como levar aqueles exames enormes, cheio de imagens horrorosas. Caí no choro (porque eu choro por besteira pra não chorar pelo que é mais importante). E Mu me apareceu com uma big pasta onde deu pra eu guardar e carregar tudinho. E também com uma pulseira de Nossa Senhora que eu uso até hoje.

Mas Mu não é só amigo das horas difíceis, não. Ele é uma das melhores companhias do mundo pra farra. Acabo de voltar do Orelha, da comemoração do aniversário dele. E em dois tempos ele mudou o rumo das minhas férias e dos meninos. É que tudo com ele é divertido. E eu topo o que ele disser. E topei na hora as mudanças que ele propôs. É que ele tem uma qualidade pra qual eu não tenho defesas: ama meus filhos de olhos fechados. "Quem trata bem meus filhos adoça minha boca", já diziam os mais velhos. E quem faz tudo no mundo pra agradá-los faz carinho na minha alma.
Então , Mu, já que o rock tem a sorte de ser comemorado nesse dia que é seu, fica aí com uma das melhores músicas da melhor banda brasileira de rock. Amo tu, Xuxu. Se tu não existisse eu tinha que mandar fazer um de barro!

Um comentário:

TATY BE TATY Edição de Imagens disse...

Sempre foi especial, o Mu...
É linda a amizade de vocês, que sempre acompanhei aqui na Antares...
Parabéns pra o Murilo pela data querida e parabéns pra nós por tê-lo em nosso meio.